Geral

Plano de negócios: Por onde começar?

30 de setembro de 2020

Toda empresa precisa ter um plano de negócios. Seja para orientar ou atrair investidores, ele é vital para o sucesso de sua organização. Mas, você deve se perguntar sobre o plano de negócio: por onde começar?

Um plano de negócios é essencial para o sucesso de qualquer negócio, seja uma empresa ou um clínica médica. Afinal, seis em cada dez empresas falham em cinco anos. O fracasso infelizmente é uma realidade e a causa principal é a falta de planejamento. Quer se trate de pesquisa de mercado insuficiente, planejamento financeiro, gestão, falta de presença nas redes sociais, site ou qualquer outra coisa, todos esses erros se resumem a uma falta de planejamento que pode ser rastreada até as raízes da sua empresa por meio de um plano de negócios.

Para você entender mais sobre sua importância, e saber por onde começar o seu, confira este artigo que preparamos para você. 

O que é um plano de negócios?

Antes de detalharmos como escrever um plano de negócios, devemos descobrir o que ele é. Um plano de negócios em qualquer empresa é um documento com todos os detalhes cruciais. Abrange as seguintes informações: o que você vai vender ou produzir, a estrutura do seu negócio, sua visão de como vender o produto, de quanto financiamento você precisa, informações sobre projeções financeiras, entre outros detalhes.

Antes de começar a implementar o plano de negócios de sua empresa, é necessário fazer um brainstorm para garantir que sua equipe esteja preparada para responder a algumas perguntas:

  • Por que estamos começando / prontos para expandir o negócio?
  • O que torna nossa empresa diferente? 
  • Como podemos nos diferenciar?
  • Que solução estamos fornecendo? 
  • Como oferecemos isso?
  • Quem somos nós? 
  • Quem são seus clientes? 
  • Negócio-alvo?
  • Como podemos ter lucro? Em um ano? Em cinco anos?

No entanto, existem dezenas de outras perguntas, específicas do setor ou outras, que você deve fazer. Ao começar, preste atenção a essas perguntas. Seu plano de negócios deve abordá-los de forma clara, concisa, estratégica e realista.

Quando você deve escrever um plano de negócios?

É evidente que um plano de negócios da sua empresa deve ser documentado antes do início do seu negócio. Embora essa etapa seja a primeira, é apenas uma das muitas etapas para criar e administrar uma empresa. Mesmo que você tenha preparado o melhor plano de todos os tempos, não vale nada se você deixar de implementá-lo com sucesso.

Um plano de negócios pode ser bastante longo. Afinal, você quer ter certeza de incluir todas as informações vitais, portanto, a organização é crucial. Com isso em mente, vamos decompor cada componente. Não existe uma regra rígida para planos de negócios.

Para um plano regular, desde que você aborde todos os pontos-chave, pode haver espaço para alguma criatividade. Para elaborar o seu, siga essas etapas:

Etapa 1. Resumo executivo

O resumo é onde você (sucintamente) apresenta sua visão. Tente certificar-se de que seu resumo executivo responde a estas perguntas:

  • Em que área você está?
  • Quais serviços você oferece?
  • Quem é seu público alvo?
  • Como será o futuro de sua empresa?
  • Como sua empresa é escalonável?
  • Quais são os próximos passos?
  • Quem são os donos da sua empresa? Experiência em setor / negócio?
  • O que o motivou a abrir sua empresa? Porque agora?

Etapa 2. Declaração de missão

Sim, esta parte é importante para você e sua equipe. No entanto, isso não é tão importante para o seu público quanto você pensa. Sua declaração de missão deve incluir sua meta e os objetivos que o conduzirão a ela. 

Sua empresa, como você a vê evoluindo a curto e longo prazo e quem são seus clientes. Sua declaração de missão também diz quem você é e fala sobre seus pontos fortes e de sua equipe. É aqui que você, em parte (e resumidamente), vende os recursos e benefícios de sua empresa.

Etapa 3. Produtos e/ou serviços

Esta parte inclui informações sobre o que você faz e por que planeja vendê-lo. É também aqui que você vende os benefícios do seu negócio. Sendo este um plano de negócios, é importante listar o custo dos produtos/serviços que você está fornecendo:

  • Quanto custa para produzir? Por quanto você venderá cada serviço?
  • Como o cliente comprará o serviço?
  • Qual sistema você usará para cobrá-los?
  • Existem custos adicionais para levá-lo ao cliente? 

A seção de produtos/serviços também deve diferenciar seu novo negócio:

  • O que torna seu negócio diferente?
  • O que dá ao serviço da sua empresa uma vantagem no mercado?
  • O que o distingue dos concorrentes?

Se você está vendendo um serviço, venda a ideia geral e seus benefícios nesta seção, mas não seja muito técnico. Deixe quaisquer diagramas ou designs complexos para o adendo, enquanto insere a frase: “Para obter mais detalhes, visite o adendo na página #.”

Etapa 4. Plano de marketing

Agora que você provou o que deseja fazer e como fará com que aconteça, a seguir, você precisará detalhar como fará seu produto ou serviço conhecido. É aqui que você prova que sabe do que está falando e que sua empresa está pronta para prestar um serviço a um público comprovado.

Seu plano de marketing deve ser o resultado de uma combinação de pesquisas de primeira e de segunda mão (confiáveis) em seu mercado. Divida-o em seções, agrupando por tópico de mercado. Sugerimos estes sete:

  • Quem são seus clientes? 
  • Como você planeja alcançá-los? 
  • Onde você vai vender seu serviço? 
  • Como você obterá feedback deles? 
  • Como eles saberão que você se importa?
  • Sua concorrência: quem são seus concorrentes diretos / indiretos? 
  • Qual é a sua vantagem? 

Etapa 5. Plano operacional

Esta parte conduz o leitor pelo dia a dia da sua empresa, explicando:

  • Localização da sua clínica seu negócio
  • Você precisa de uma licença? 
  • Você precisa se filiar a um sindicato ou outra organização profissional?
  • Estoque: se você estiver vendendo um produto, onde precisará armazená-lo?

Esta é uma grande quantidade de informações sólidas e concretas, mas não tenha medo de adicionar uma breve introdução, pintando uma imagem mais visual de como sua empresa funcionará, conduzindo-os brevemente através de suas operações diárias. Você pode até incluir uma foto ou vídeo mostrando isso.

Etapa 6. Organização de gestão

Esta parte inclui um gráfico hierárquico de sua empresa e como as operações sobre as quais falamos acima fluem por ele. Liste os cargos e descreva resumidamente as funções de cada membro integrante de sua empresa, incluindo, mas não se limitando a: conselho de administração, consultores, especialistas técnicos, vendedores talentosos, contadores, etc.

Em seguida, descreva todas as etapas para expandir sua equipe. Além disso, refletindo em seu plano financeiro, discuta todas as novas contratações que deseja fazer e por quê. Seu plano de negócios não trata apenas de onde sua empresa está, mas para onde seu futuro está se dirigindo.

Etapa 7. Planejamento fiscal

A peça fiscal do quebra-cabeça do seu plano de negócios é a peça que os investidores e gerentes de bancos vão gastar mais tempo olhando. Sem capitalização e planejamento financeiro adequados, até mesmo a ideia de negócio mais excelente que atende a uma necessidade urgente corre o risco de falhar.

O que essa parte mais examinada de seu plano de negócios deve incluir?

  • Análise de fluxo de caixa: Isso reflete o que você vai vender e as despesas do seu negócio. Esta análise projeta sua margem de lucro.
  • Análise de lucros e perdas: Feito em conjunto com o fluxo de caixa, isso leva pelo menos um ano à frente e inclui previsões de receita, incluindo representações gráficas desses números.
  • Análise de equilíbrio: Isso divide o quanto você precisa, bem, empatar.

Etapa 8. Adendo

Como você provavelmente pode imaginar, é aqui que você fala sobre o resto. O adendo mostra que você fez sua pesquisa. Além disso, é aqui que você adiciona quaisquer diagramas técnicos de seu plano de negócios. O adendo também é um ótimo lugar para colocar referências e matérias jornalísticas sobre sua empresa, bem como cases de sucesso.

Elabore seu plano de negócios

Escrever um plano pode ser um exercício tedioso, mas é crucial para o futuro da sua empresa. Não se trata apenas de atrair investidores. Criar um plano de negócios ajuda você e sua equipe a organizar melhor o seu negócio, com um olho no estado atual e outro na construção de um futuro juntos.

Se gostou de nosso artigo sobre por onde começar um plano de negócios, confira também o artigo sobre Fluxo de Caixa e DRE: o que são e para o que servem. Desta forma, você consegue entender melhor as finanças do seu negócio. Boa leitura!

atendimento.sardagna

Escrito por:

atendimento.sardagna

Comentários

O futuro do seu negócio depende somente de você.
Dê o próximo passo!