Geral

Lucro operacional: sua empresa tem lucro ou prejuízo?

26 de abril de 2021

Os proprietários de empresas podem calcular uma das três medidas de lucratividade: lucro bruto, lucro líquido e lucro operacional.

Conhecer cada um deles é de fundamental importância para saber se sua empresa tem lucro ou prejuízo. E entre os três, o lucro operacional tem suas particularidades. Dessa forma, saber calculá-lo é essencial em qualquer negócio.

Para saber mais sobre esse tema, confira o artigo sobre lucro operacional que preparamos logo abaixo! Boa leitura!

O que é lucro operacional?

O lucro operacional de uma empresa é o lucro total de suas funções de negócios principais em um determinado período, excluindo a dedução de juros e impostos. Ou seja, é o lucro obtido unicamente com suas operações.

Dessa forma, ele exclui quaisquer lucros obtidos de investimentos auxiliares, como lucros de outros negócios nos quais uma empresa tenha participação parcial. 

O lucro operacional serve como um indicador altamente preciso da saúde do negócio porque remove todos os fatores estranhos do cálculo.

Todas as despesas que são necessárias para manter o negócio funcionando estão incluídas, razão pela qual o lucro operacional não tem em conta a depreciação e amortização de ativos-relacionados. 

Ele é, portanto, distinto do lucro líquido, que pode variar de ano para ano devido a essas exceções no lucro operacional de uma empresa.

Como calcular?

O lucro operacional é calculado subtraindo todo o CPV (custo por venda de mercadoria), depreciação e amortização e todas as despesas operacionais relevantes das receitas totais. 

As despesas operacionais incluem as despesas da empresa além dos custos diretos de produção — tais como salários e benefícios, aluguel e despesas gerais relacionadas, custos de pesquisa e desenvolvimento, etc. 

O cálculo da margem de lucro operacional é a porcentagem do lucro operacional derivada da receita total. Por exemplo, uma margem de lucro operacional de 15% é igual a R$ 0,15 de lucro operacional para cada R$ 1 de receita.

Para calcular o lucro operacional, é utilizado a seguinte fórmula:

  • Lucro operacional = Lucro Bruto – Despesas operacionais – Receitas operacionais

Para usar esta fórmula para calcular o lucro operacional de uma empresa, você pode usar as seguintes etapas:

  • 1. Some todas as receitas para obter a receita bruta (isso dará a você a parte “receita” da fórmula).
  • 2. Some o custo da mão-de-obra e dos materiais para as operações da empresa (“custo dos produtos vendidos”).
  • 3. Some as despesas operacionais restantes (aluguel, marketing, material de escritório, utilidades, etc.).
  • 4. Determine a depreciação e amortização relacionadas aos ativos.
  • 5. Subtraia o custo das mercadorias vendidas, despesas operacionais, depreciação e amortização da receita.

Como a fórmula do lucro bruto é: receita – custos dos produtos vendidos, a fórmula do lucro operacional também pode ser simplificada para: lucro bruto – despesas operacionais – despesas do dia a dia (depreciação, amortização). O total obtido dará a você o lucro operacional de uma empresa.

Leia também::: Terceirização da gestão financeira: Vale a pena?

Por que o lucro operacional é importante?

O lucro operacional é importante para empresas por vários motivos. Para começar, essa fórmula ajuda a determinar como as operações principais de uma empresa estão sendo executadas quando os impostos e o financiamento são excluídos. 

Isso permite que uma empresa examine seu potencial de lucratividade e identifique onde as mudanças precisam ser feitas para melhorar a capacidade de obter lucros.

Além disso, o lucro operacional pode ajudar a analisar o desempenho de uma empresa durante um período prolongado, rastreando o lucro operacional em uma linha de tendência. Quanto menor a receita operacional, maior a probabilidade de a empresa precisar de financiamento adicional para continuar operando.

Outra razão pela qual o lucro operacional é importante é porque permite que investidores e credores analisem a capacidade de lucro de uma empresa ao decidir se investem ou emprestam dinheiro à empresa. 

Quanto maior o lucro operacional de uma empresa, menor será o risco para os investidores e credores e mais provável é que a empresa receba financiamento estável.

Tenha uma boa gestão financeira

Uma das melhores formas de ter os custos operacionais sempre na ponta do lápis é com uma boa gestão financeira. Mas isso toma tempo e requer um conhecimento que nem sempre existe em sua empresa. 

Nesse sentido, uma das possibilidades é terceirizar a gestão financeira com uma empresa que seja especialista na área, como a Finanças Azul. Dessa forma, toda a gestão é organizada e você passa a ter mais tempo para empreender e ver sua empresa crescer.

Espero que tenha gostado do artigo sobre lucro operacional, e como ele é importante para sua empresa. E caso queiram terceirizar sua gestão financeira, entre em contato com a Finanças Azul. E vamos juntos ver sua empresa se destacar ainda mais!

atendimento.sardagna

Escrito por:

atendimento.sardagna

Comentários

Tenho uma ótima notícia para você, os nossos serviços especializados vão custar menos que contratar um estagiário